O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010

Mais uma execução nos Estados Unidos.

 

A arguida mandou matar há anos. Foi morta esta noite.

 

Uma tragédia como resposta a uma tragédia.

 

A pena de morte encerra, em si mesma, uma pavorosa quadratura do círculo.

 

Alastra o que pretende eliminar. Mantém o que visa combater.

 

O circuito da morte não nos larga.

 

Se há cidadãos que não sobem ao nível da justiça, porque é que a justiça há-de descer ao nível dos cidadãos?

 

publicado por Theosfera às 11:03

De António a 24 de Setembro de 2010 às 12:09
O estimado Padre João António sabe quanto me toca a questão da pena de morte e sabe porquê. Não vou aqui adiantar mais nada que, a este propósito, já tenha dito. E não é obviamente por temor reverencial, que nunca me permitiria, a quem, eventualmente, não gostasse de ler tudo quanto, sobre esta matéria, penso. Acompanho-o na sua indignação...


mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

17
18

19

30


Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
contador
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro