O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2013

Os extremos são sempre de evitar.

Na relação com as pessoas, não devemos ser ingénuos nem desconfiados.

Já Séneca alertava: «É errado quando acreditas em cada um, mas também é errado quando não acreditas em ninguém».

Dir-se-á que nem 8 nem 80. Nos 72 que sobram, há espaço para aqueles em quem devemos devemos acreditar algumas vezes e para aqueles em quem podemos acreditar sempre.

Apesar das labaredas da perfídia, ainda há pessoas por quem poria as mãos no fogo!

publicado por Theosfera às 10:30

De Anónimo a 12 de Dezembro de 2013 às 20:50
Será que as pessoas em que, por vezes, mais confiamos serão mesmo confiáveis?! Há tantas imitações de amigos, principalmente quando precisam de nós para poderem ser catapultados aos lugares que ambicionam?!


mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
contador
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro