O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 07 de Dezembro de 2013

A vida é uma viagem em que, quase sempre, concluímos que o melhor está no ponto de partida.

Conhecemos, experimentamos, evoluímos, crescemos. E, no final, acabamos por notar que o melhor estava em casa.

Também eu subscrevo a confissão de Camus: Perante a minha Mãe, sinto que sou de uma raça nobre: a raça dos que não invejam nada».

Já li muitos textos, já coligi muitos ensinamentos. Mas as maiores lições recebi-as de meus Pais.

Eles foram, eles são, eles serão sempre os maiores mestres da minha vida!

publicado por Theosfera às 11:47

Afinal, onde estão muitos dos que falam, dos que julgam, dos que têm soluções para tudo, mas não conseguem resolver nada?

Fácil é dizer que se ama a humanidade, mas necessário é amar cada pessoa.

Há quem exalte a unidade e passe a vida a fomentar a discórdia.

Há quem se apresente como isento e esteja sempre a prejudicar os mesmos.

Enfim, há quem muito fale de amor e não se iniba de odiar.

O mundo parece um paradoxo total!

publicado por Theosfera às 11:33

Pode levar tempo (e, de facto, às vezes leva demasiado tempo), mas a humildade acaba sempre por triunfar.

A natureza assim nos ensina. E Lao Tzé reparou nessa lição: «Todos os ribeiros e rios do mundo vão dar ao mar, porque o mar é mais baixo. É esta humildade que dá poder ao mar»!

publicado por Theosfera às 11:22

A liberdade não implica apenas cortar as correntes.

Implica também (e desde logo) não cortar as asas.

A liberdade implica deixar ser os outros.

Mandela proclamou: «Ser pela liberdade não é somente tirar as correntes de alguém, mas viver de forma que respeite e melhore a liberdade dos outros»!

publicado por Theosfera às 11:15

A música sente-se pelo som. Mas a música nasce no silêncio, no silêncio da alma que sente.

Victor Hugo achava que «a música é o barulho que pensa»!

publicado por Theosfera às 07:34

A caridade não deve estar ausente de casa, certo.

Mas não deverá estar presente também fora de casa?

Já dizia Thomas Fuller: «A caridade começa em casa, mas não deveria terminar lá»!

publicado por Theosfera às 07:31

Eis uma época em que muito gostamos de conjugar o verbo «receber».

Quem não gosta de receber pessoas, de receber presentes?

Mas até esse receber tem de ser emoldurado pelo dar.

É importante dar. É fundamental dar-se.

Jesus ensina que dar menos que tudo é dar sempre pouco. 4E Sidonie Colette avisa: «O difícil não é dar, é não dar tudo»!

publicado por Theosfera às 07:28

Hoje, 07 de Dezembro, é dia de Sto. Ambrósio (invocado como protector das abelhas e dos gansos) e de Sta. Maria Josefa Roselho.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
contador
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro