O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 29 de Março de 2012

Muito ganhará a Igreja se optar pela pobreza, pela simplicidade, pela humildade e pela opção pelos pobres.

 

Seguindo o paradoxo jesuânico, a Igreja ganha quando perde, eleva-se quando desce.

 

Há um longo caminho a percorrer. Que o caminho tenha muitos «viandantes»!

publicado por Theosfera às 10:10


Quando o silêncio nos visita, os pensamentos fluem, os sentimentos soltam-se e as palavras surgem. Tudo com a cadência devida. Sem atritos nem sobreposições!

publicado por Theosfera às 10:10

«Em nenhuma circunstância devemos responder à violência com a violência. Eu sei que é um conselho difícil de seguir. Mas este é o caminho de Cristo. É este o caminho da Cruz. Temos de ser capazes de acreditar que o sofrimento injusto é redentor».
Assim escreveu (sublime e magnificamente) Martin Luther King.
publicado por Theosfera às 10:09


O Primeiro-Ministro deixou tudo em aberto. Mas não alcemos as bandeiras do desafogo.

 

O que ficou em aberto é a possibilidade de haver mais medidas de austeridade.

 

Ele disse que, «neste momento», não vê que tais medidas sejam necessárias.

 

Mas só «neste momento»!

 

Poderia dizer outra coisa? Provavelmente não!

 

Mas para mobilizar um país deprimido não basta ler a realidade. É preciso transformá-la!

publicado por Theosfera às 10:07


Agora que morreu, não faltam evocações de frases fortes de Millôr Fernandes. E convenhamos que muitas delas, mesmo não concordando, fazem pensar.

 

Alguns exemplos: «Os nossos amigos não sabem muitas coisas, mas sabem sempre o que devemos fazer».

 

Para ele, «chato é o indivíduo que tem mais interesse em nós do que nós temos nele».

 

Também notou que «a diferença fundamental entre a direita e a esquerda é que a direita acredita cegamente em tudo quanto lhe ensinaram e a esquerda acredita cegamente em tudo quanto ensina».

 

Não espanta, pois, que, no seu entender, «nada seja mais falso do que uma verdade estabelecida». Toda a gente a repete. Mas quem pensa nela?

publicado por Theosfera às 10:06


«Quanto mais se é feliz menos se presta atenção à felicidade».

 

Alberto Moravia percebeu que, por norma, apenas reparamos naquilo que não temos, naquilo que nos falta!

publicado por Theosfera às 10:05


Invoco Eugénio de Andrade: «A juventude não precisa de piedade, mas de verdade».

 

É neste sentido que, gostaria de dizer, com todo o respeito, que o chamado «turismo de bebedeira» não leva a lado nenhum.

 

É natural que os jovens gostem de desfrutar.

 

É fundamental que se habituem a reflectir, a questionar, a questionar-se.

 

Os jovens valem muito mais (infinitamente) do que aquilo que nos mostram...

 

Se pudesse, gostaria de dizer aos adolescentes e jovens que assomam, por estes dias (ou noites!), à superfície das câmaras de televisão, que eles valem muito mais do que os copos de álcool que seguram na mão.

 

Que valem muito mais do que os saltos que dão ao som de música estridente e ensurdecedora.

 

Há tempo para tudo, dir-me-ão. Certo.

 

Mas estas energias desgastadas podem fazer falta noutras actividades mais edificantes.

 

Os jovens gostam de questionar. Era bom que se deixassem questionar também.

 

Não se (des)gastem no presente. Semeiem um outro futuro!

publicado por Theosfera às 10:03

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9


20



Últ. comentários
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Lindo e profundo texto, Senhor Doutor. Obrigada pe...
É bem verdade.
linda reflexão!
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
contador
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro