O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 27 de Março de 2012
Atenas, Roma e Jerusalém.
 
Para muitos, estas terão sido as cidades mais importantes da História.
 
Zubiri assinalava que as maiores criações do género humano foram a Filosofia grega, o Direito romano e a Religião judaico-cristã.
 
Mais circunscrito, Winston Churchill sublinha que os gregos emparceiram com os gregos em vivacidade política e capacidade de sobrevivência.
 
E, de caminho, faz ecoar um célebre apontamento anedótico. Segundo ele, quando encontramos três judeus, existe uma forte probabilidade de encontrarmos dois primeiros-ministros e um líder da oposição!
publicado por Theosfera às 10:42

A política precisa de conhecimento, mas também carece de subtileza.
 
Aumentar a taxa do IVA equivale a prever uma descida nos montantes apurados.
 
Se não há capacidade para fazer frente a custos mais elevados, o resultado é a falência, o incumprimento, a receita menor.
 
O mesmo se diga das antigas SCUT. Começaram a ser portajadas. Começou a diminuir o número de carros a circular.
 
A receita é menor que a esperada. Mas de que estavam à espera?
publicado por Theosfera às 10:41

Deixa Deus entrar na tua vida.
 
Ou, melhor, não precisas de O deixar entrar.
 
Porque Ele já está na tua vida. Ele é a tua vida!
publicado por Theosfera às 10:39

«Reservar o nosso pensamento implica uma esperança infinita».
 
Pertinente esta anotação de Scott Fitzgerald. Um certo recato pode ser a matriz da sabedoria.
 
Hoje, opina-se permamentemente.
 
Quem está sempre a opinar que tempo terá para pensar, para preparar a opinião?
publicado por Theosfera às 10:38

«A felicidade é salutar para o corpo, mas só a dor robustece o espírito».
 
Por muito que doa, Marcel Proust tem razão.
 
Quem não passa pelo crisol da dor dificilmente terá algum valor!
 
O que custa vale. O que vale custa!
 
É duro, mas é verdade. Lições da cátedra da vida!
publicado por Theosfera às 10:37

Temos uma paixão enorme pela unidade. Mas, ao mesmo tempo, exibimos uma inclinação irresistível pela fractura.
 
Facilmente nos dividimos: não pela procura da verdade, mas pela busca do poder.
 
Daí os partidos. Daí as facções dentro dos partidos!
publicado por Theosfera às 10:36

«O poder infinito de Deus não está na tempestade, mas na brisa».
 
Como estava certo Rabindranath Tagore!
publicado por Theosfera às 10:35


Na pletora de gráficos que a cada passo nos debitam, acabam por nos ocultar sempre uma parte da realidade.

 

Os estrangeiros elogiam o Estado. Mas os cidadãos sofrem.

 

Dizem que há indicadores positivos, mas o que avulta é a perda de rendimentos, o desemprego e o aumento da pobreza.

 

Como é que o país pode estar bem quando tanta gente está mal?

 

A gestão da coisa pública até pode ser eficaz, mas acaba também por se mostrar supurante. Os especialistas podem saber muito de números.

 

Precisamos de mais gente formada em Filosofia e História, que nos ajudem a perceber a vida!

publicado por Theosfera às 10:34

O mais importante é o que não se vê.
 
Que seria de uma casa sem os alicerces? Que seria de uma árvore sem a raiz?
 
Os alicerces e as raízes não estão à vista. O essencial, como percebeu Saint-Éxupéry, «é invisível aos olhos».
 
Na vida, devíamos cuidar mais do invisível: dos nossos alicerces, das nossas raízes.
 
O maior desejo deveria ser não ser famoso. O mundo da fama é cada vez mais oco, mais vazio.
 
Fernando Pessoa divisou, aqui, uma contradição.
 
A celebridade, «parecendo que dá valor e força às criaturas, apenas as desvaloriza e enfraquece».
 
Daí que Torga tenha confessado: «A minha fome não é de fama; é de eternidade»!
publicado por Theosfera às 10:33

O Porto, o Benfica e o Sporting terão mais talentos e muito maior orçamento.
 
Mas falta-lhes algo que em Braga sobeja: vontade!
publicado por Theosfera às 10:32

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9


20



Últ. comentários
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Lindo e profundo texto, Senhor Doutor. Obrigada pe...
É bem verdade.
linda reflexão!
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
contador
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro