O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 25 de Março de 2012
«O essencial é invisível aos olhos».
 
Saint-Exupéry verteu quase um provérbio, à guisa de um oráculo.
 
De facto, o essencial é, quase sempre, invisível. Urge ver o invisível!
publicado por Theosfera às 14:20

«Tornamo-nos odiados tanto fazendo o bem como fazendo o mal».
 
O que disse Maquiavel releva de uma evidência.
 
A maior parte dos sentimentos escapa à lógica.
 
Não há razão para haver ódio. Mas ele existe. Mesmo para aqueles que fazem o bem!
publicado por Theosfera às 14:19

«Desconfia que a ambição não seja a cobertura do orgulho e que a modéstia não seja senão um pretexto para a preguiça».

 

É fundamental estar atento a este preceito enunciado por Monnier.

publicado por Theosfera às 14:18

Mais de metade do país é um deserto.
 
A percentagem de desertificação eleva-se a 62%, dizem os estudos.
 
Mas a desertificação não afecta só o território. Ameaça também as pessoas.
 
Façamos chover esperança no nosso coração!
publicado por Theosfera às 14:17

Bento Domingues é padre, mas, na crónica de hoje, diagnostica como um médico: «Foi prometido o emagrecimento do Estado. E resultou o emagrecimento da sociedade civil».
publicado por Theosfera às 14:16

Como o tempo passa.
 
Neste dia, daqui a nove meses, estará mais frio. Mas até pode brilhar o sol.
 
Daqui a nove meses, será Natal!
publicado por Theosfera às 14:16

«Nasci adulta. Morrerei criança».
 
Assim escreveu Agustina Bessa-Luís.
 
O problema é que só damos conta disso bastante tarde.
 
Mas antes tarde que nunca.
 
Vale sempre a pena perceber que a maturidade está na pureza, na autenticidade!
publicado por Theosfera às 14:14

Uma vez mais, Senhor,

eis-nos na Tua escola

para aprender conTigo,

para beber das lições que nos dás,

com a Tua Palavra e sobretudo com a Tua vida.

 

Tu não páras de nos surpreender.

Será que alguma vez aprenderemos

a profundidade e o alcance das Tuas lições?

 

Para Ti, Senhor, só ganha quem perde,

só volta à vida quem dá a vida.

 

A Tua hora é a hora da glória

e a a tua glória está na Cruz,

está na oferta total da vida,

na entrega plena do ser.

 

Que nós sejamos, Senhor, como o grão de tigo.

Que não tenhamos medo de descer à terra.

É do fundo que se sobe.

É de trás que se avança.

 

Que não tenhamos medo da obscuridade.

Porque a Tua luz, Senhor,

brilha em todo o lado.

 

Ensina-nos, Senhor,

a não fugir dos problemas

e a não ter receio das dificuldades.

 

Tu nem da morte fugiste

e, abraçando a morte,

venceste a morte.

 

Como os Teus contemporâneos,

também nós, hoje, Te queremos ver.

Que todos Te possam ver em nós

e que, através do nosso testemunho,

Te possam encontrar,

JESUS!

publicado por Theosfera às 10:30

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9


20



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
contador
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro