O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 24 de Março de 2012
Muito se lê a Bíblia. E tão pouco se extrai da Bíblia.
 
Para a presente crise que dilacera a Europa, alguém já se lembrou de aplicar a receita bíblica?
 
A Bíblia também tem uma proposta para a questão da dívida.
 
Não defende, porém, a sua negociação, mas a sua eliminação.
 
No Ano Sabático, que ocorria de sete em sete anos, as dívidas dos mais pobres deviam ser perdoadas (Dt 15, 1-3).
 
Os frutos da terra deviam estar à disposição dos mais pobres (Ex 23, 10-12).
 
Foi neste espírito que, já em 1994, João Paulo II propôs um «perdão total da dívida internacional»!
publicado por Theosfera às 17:11

As coisas têm preço. As pessoas têm dignidade.
 
Alguém poderia fazer o favor de encaminhar este (imortal) ensinamento de Kant a quem decide o nosso destino?
publicado por Theosfera às 17:10

Quando olhamos para trás não nos limitamos a mergulhar no passado.
 
Aprendemos também a preparar o futuro.
 
Foi no passado, às vezes no passado mais distante, que o futuro começou a germinar.
 
Quem não dá atenção ao passado compromete o futuro.
 
Quem lê, por exemplo, os textos de Zubiri (com quase cem anos) fica extasiado com a sua excruciante actualidade!
 
publicado por Theosfera às 17:08

O mais significativo, para mim, não é quem possa vir a ganhar as eleições em Timor.
 
O mais significativo para mim é a forma como Ramos-Horta soube perder!
publicado por Theosfera às 17:07

Conhecemos as coisas como se manifestam. Não as conhecemos, porém, como elas são.
 
Kant já o advertiu.
 
E acerca das pessoas poder-se-á dizer o mesmo. Há sempre uma surpresa à nossa espera. O que nos chega é o que as pessoas mostram.
 
O que as pessoas são fica, muitas vezes, envolvido numa nuvem de mistério.
 
Tudo, em síntese, pode ser pensado. Mas nem tudo pode ser conhecido!
publicado por Theosfera às 17:05

O terceiro volume dos «Cursos Universitários» de Zubiri não será muito empolgante.
 
Nota-se que se trata de bases para palestras orais.
 
Mesmo assim, é de realçar a profundidade analítica do Autor e a sua visão integradora.
 
Despertar será, pois, despertar para a luz!
publicado por Theosfera às 17:04

Deus poder ser pensado. Mas, acima de tudo, deve ser sentido.
 
É por isso que Ele é mais para ser mostrado que demonstrado.
 
E é por isso também que o silêncio e os gestos valerão sempre mais que as palavras e os conceitos!
publicado por Theosfera às 17:03

«Nunca chegamos aos pensamentos. São eles que vêm».
 
Heidegger sabia bem o que dizia. Daí a importância do que nos deixa como uma evidência e um alerta.
 
É que existe a tendência de subordinar a verdade à conveniência quando o importante é subordinar a conveniência à verdade.
 
Boris Pasternak advertiu: «Os detentores do poder ficam tão ansiosos por estabelecer o mito da sua infalibidade que se esforçam ao máximo por ignorar a verdade»!
publicado por Theosfera às 17:01

Trayvon Martin tinha um pacote de rebuçados e uma lata de chá na mão. Andava na rua numa noite chuvosa.
 
O vigilante de um condomínio suspeitou do jovem. Chamou a polícia. Esta disse para não fazer nada. Entretanto, o vigilante disparou. O jovem morreu.
 
Era negro!
 
É claro que há as alegações de legítima defesa. Mas também começaram a chover suspeitas de que o negro é sempre uma ameaça.
 
O debate está acelerado nos Estados Unidos!
publicado por Theosfera às 17:00

Não é a capacidade que faz a diferença. É o esforço, a persistência, a dedicação.
 
Albert Einstein disse tudo quando disse (somente) isto: «Não tenho nenhum talento especial. Sou apenas apaixonadamente curioso»!
publicado por Theosfera às 16:59

Palpita-me que não estamos a usar devidamente o maior capital de que dispomos: o tempo.
 
Pior, quer-me parecer que estamos a gastá-lo e não a aproveitá-lo, a investi-lo, a optimizá-lo.
 
E enquanto gastamos o tempo, o tempo vai-nos desgastando a nós!
publicado por Theosfera às 16:58

Quem já não tomou comprimidos para a memória? Mas quem já não pensou também em recorrer a comprimidos para o esquecimento?
 
Ao que parece, esse desejo está em vias de poder ser satisfeito.
 
Um grupo de investigadores descobriu uma proteína (PKMzeta) que estabiliza ligações entre os neurónios responsáveis pelas lembranças.
 
Bloqueando essa proteína, a memória poderá ser apagada.
 
Os referidos investigadores estão à procura de um medicamento que opere tal bloqueio. O método não consiste em reprimir as más recordações.
 
A pessoa será convidada a recordar-se, mas sem aquela proteína, não haverá ligações neuronais e a memória negativa deixará de existir.
 
Viável?
publicado por Theosfera às 16:57

D. Óscar Romero, intrépido defensor dos mais pobres em El Salvador, foi assassinado neste dia, em 1980, quando celebrava a Eucaristia.

 

D. Óscar foi morto por causa da sua verticalidade. Porque nunca tergiversou.

 

Recebeu ameaças sucessivas para que se calasse. Mas não se calou. Humilde, considerava não ser digno da «graça do martírio».

 

Só que as balas surgiram e irromperam, cruéis, pela Igreja em que oficiava.

 

O seu exemplo marcou-me bastante. Na minha vida de padre, o seu testemunho interpela-me constantemente.

 

Um Homem de Deus é sempre um Homem para os Homens.

 

D. Óscar Romero levou a Eucaristia à vida e à morte.

 

Foi alguém que leu o Evangelho nos livros e o reescreveu na vida.

 

Morreu com um tiro no coração. Porque era o seu coração que mais incomadava.

 

Curiosamente é no coração das pessoas que D. Óscar sobrevive.

 

E é no coração de Deus que D. Óscar se mantém vivo e vivificante.

 

Vale a pena viver assim. Vale a pena morrer assim. Tanto mais que quem assim morre nunca falece. Permanece para sempre!

publicado por Theosfera às 06:19

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9


20



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
contador
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro