O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 03 de Março de 2012
Neste momento, está a acontecer, por estes lados, uma coisa que, desde o pretérito ano, ainda não acontecera: chove.
 
Pouco, é certo. Mas chove. Mansamente! Duradouramente?
 
Praza a Deus que sim!
publicado por Theosfera às 13:40

A moda nunca me atraiu. Fazer, pensar ou dizer coisas só porque toda a gente faz, pensa e diz é contrário à identidade de cada um.
 
A moda desracionaliza-nos, despersonaliza-nos. Torna-nos amestrados, robotiza-nos. Mas é sabido que a moda é eficaz e acaba por nos levar na onda.
 
Agora parece estar na moda um certo nagacionismo na história. Há quem negue não só factos distantes, mas até ocorrências próximas.
 
O genocídio arménio é o caso mais debatido. A Shoa será o exemplo mais gritante. E, além do negacionismo, há o branqueamento.
 
Há quem pratique os piores actos e se mostre descontraído. Como se nada afectasse!
publicado por Theosfera às 13:39

Nas últimas décadas, falava-se muito dos novos ricos. Nos últimos tempos, habituámo-nos a ouvir falar dos novos pobres.
 
Mas nem todos os novos pobres são pobres novos. Muitos dos novos pobres já têm o peso da idade.
 
Eles ajudaram-nos a crescer. Quem os ajuda, agora, a (sobre)viver?
publicado por Theosfera às 13:38

Os idosos com menores recursos alimentam-se pior, cortam na medicação e não aquecem as casas.
 
É tudo isto, e não só o frio, que explica o aumento exponencial de mortes.
 
A dívida até pode estar a cair. Pudera!
publicado por Theosfera às 13:37

A sociedade até pode admirar os profetas, mas acaba por se vergar (quase sempre) aos autoritários.
 
Que foi feito para impedir a morte de Jesus Cristo, de Savonarola, de Malagrida, de Luther King, de Gandhi ou de Óscar Romero?
 
Todos achavam que eles tinham razão. Mas que foi feito para impedir o seu desaparecimento violento?
 
E, pior, o esquecimento é o destino de muitos. A propósito, alguém se lembra de Anna Politkovskaia?
publicado por Theosfera às 13:36

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9


20



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
contador
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro