O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 02 de Março de 2012
O problema da humanidade não é a fraqueza. Ser humano, já dizia Tony Blair, é «ser frágil».
 
O problema da humanidade é a dureza.
 
O drama do país e do mundo é o que dimana das atitudes dos duros, dos que se julgam fortes.
 
As pessoas frágeis são humildes, tolerantes, cooperadoras.
 
As que se consideram fortes são convencidas, intolerantes, egocêntricas.
 
Se repararmos (e já Lao Tsé nos avisa disso), quando nascemos, somos frágeis.
 
É a morte que nos torna duros.
 
Afinal, a fragilidade é sinal de vida. A dureza é sinal de morte!
publicado por Theosfera às 00:01

Há quem pergunte se as pessoas acreditam na vida depois da morte.
 
Eu penso que se devia perguntar também se acreditamos (verdadeiramente) na vida antes da morte!
 
Não estou seguro quanto à resposta de muitos!
publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9


20



Últ. comentários
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Lindo e profundo texto, Senhor Doutor. Obrigada pe...
É bem verdade.
linda reflexão!
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
contador
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro