O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 27 de Setembro de 2010

1. O desencontro de Lamego com os tempos modernos vem de meados do século XIX.

 

De facto, é preciso ter presente que, nessa altura, Lamego ainda era uma cidade que se impunha. A sua população era maior, por exemplo, que a da cidade de Viseu!

 

Entretanto, vieram os distritos e Lamego, que constava no projecto inicial, ficou de lado.

 

Chegaram os comboios e Lamego, apesar de algumas tentativas, ficou de fora.

 

Não admira que a implantação da República deparasse com pouca mobilização. Em compensação, houve bastante moderação.

 

Esta deveu-se a vários factores, mas sobretudo a uma figura: Alfredo de Sousa.

 

 

2. Republicano por convicção, era um conciliador por natureza.

 

Em plena efervescência revolucionária, foi posta à discussão na Câmara a escolha de um feriado municipal.

 

A maioria optou por 1 de Maio, dia do trabalhador. Alfredo de Sousa, sem contender com a importância desta efeméride, chamou a atenção para a necessidade de um feriado que tivesse em conta festas tradicionais de Lamego.

 

Foi então que o 8 de Setembro, dia de Nossa Senhora dos Remédios, se tornou feriado municipal.

 

Gonçalves da Costa, outro lamecense ilustre, reconhece que foi, particularmente, a Alfredo de Sousa que ficou a dever-se o facto de «a proclamação da República em Lamego se ter processado sem qualquer género de perseguições ou perturbações públicas».

 

Em resposta a um inquérito do governo civil, Alfredo de Sousa assegurou não haver em Lamego conflitos de maior.

 

Apesar do clima de hostilidade em relação à Igreja, ele mesmo assinalou a percepção de que «o povo sente e manifesta a necessidade do culto religioso».

 

Indo mais longe, afiançou que «a República só lucrará facilitando o culto, pois tornar-se-á mais amada pelas classes populares».

 

 

3. A moderação de Alfredo de Sousa não o impedia de ser empreendedor.

 

Cônscio da importância, na altura, do distrito, apresentou no Parlamento uma proposta para a criação do distrito administrativo de Lamego.

 

Dele fariam parte, além de Lamego, Resende, Cinfães, Castro Daire., Tarouca, Armamar, Pesqueira, Penedono, Sernancelhe, Moimenta e Foz Côa.

 

Apesar da oposição de Viseu, o projecto encontrou boa aceitação em Lisboa.

 

Só que uma série de factores de ordem política e social fizeram com que o sonho não se concretizasse.

 

O caminho-de-ferro foi igualmente uma aspiração que Alfredo de Sousa quis trazer para a cidade. Alguns trabalhos chegaram inclusive a ser realizados.

 

Dificuldades de vária ordem, entretanto, fizeram abortar o que já tinha sido iniciado.

 

 

4. Há um episódio na trajectória deste Homem que certifica bem o seu amor pela terra que o viu nascer.

 

Nomeado Ministro do Trabalho, ordenou que fosse retirada do seu ministério a quantia de 170 contos(!) para benefício do concelho de Lamego.

 

Sucede que os colegas não concordaram com a decisão, interpretaram-na mal e opuseram-se-lhe com vigor. Alfredo de Sousa teve de apresentar a demissão.

 

A Câmara de Lamego promoveu-lhe uma sentida homenagem e grande manifestação.

 

Como sublinha Miguel Nunes Ramalho, «a melhor homenagem que a cidade esquecida lhe poderá prestar reside no combate activo pelo progresso, pelo desenvolvimento cultural, económico e social de todo o concelho, pela luta contra a ignorância e o obscurantismo, na senda da verdadeira dignidade humana: o sonho que Alfredo de Sousa levou consigo».

 

publicado por Theosfera às 11:56

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

17
18

19

30


Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
contador
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro